Periodontal Disease: Literature Review

J. D. Baia, A. B. Moreira, R. S. Lemos, M. A. Gioso

Resumo


The periodontal disease is the most common disorder of oral cavity of the dogs, being characterized by the inflammation of the gingiva (gingivitis) and periodontium (periodontitis), as a result of aerobic bacteria accumulation on the tooth surface, shaped as a biofilm, creating a microaerophilic environment that enhances the development of pathogenic anaerobic bacteria. The process of gingivitis can be reversed after proper treatment. If untreated, it progresses to periodontitis, an irreversible condition, because of the loss of epithelial adhesion. Animals with periodontitis have bone loss and consequently tooth mobility. This condition has the feeding as the main modifier factor. This means that the more solid is the food, the more friction with the tooth it will do, helping the removal of the biofilm. There are several predisposing factors of this disease, such as race, age, occlusion problems, immunodeficiency, among others. The clinical signs of periodontal disease may vary, being halitosis and gingivitis the most common findings. The diagnosis is made by direct inspection, where furcation exposure, inflammation and dental calculus can be seen. The best complementary tool to diagnose is the intra-oral radiography, which allows the visualization of bone structures that can not be seen during clinical inspection, helping to manage the treatment. The use of antibiotics is only complementary to treatment and only chosen in special cases. The treatment for this condition is surgical and requires sedation. It basically consists in the complete removal of dental calculus, followed by teeth polishing. The whole procedure is performed using specific techniques and instrumentation. There are various prophylactic methods, although daily brushing and the awareness of the owner about this condition are considered  the ideal combination.

 


Palavras-chave


Oral hygienization; periodontal disease; periodontal treatment; periodontology; veterinary dentistry

Texto completo:

PDF

Referências


ARGENZIO, R. A. Secreções do Estômago e das Glândulas Acessórias. In: REECE, W. O. Dukes, Fisiologia dos animais domésticos. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2012. Cap. 25, p.375.

BELLOWS, J. Small animal dental equipment, materials and techniques. Oxford: Blackwell Publishing, 2004. 421p.

BELLOWS, J. The practice of veterinary dentistry. Iowa: Iowa State University Press, 1999. 204p.

BORGES, J. I. M. The use of the enamed matrix derivative proteins in periodontal regeneration. In: 10th World Veterinary Dental Congress, 10, 2007, Guarujá. Pesquisa Veterinária Brasileira 27(Supl.).Rio de Janeiro: Neotécnica, 2007. p.10. 1CD.

CAMARGO, S. L. S.; GIOSO, M. A.; CARVALHO, V. G. G. Dor de dente: os animais, nossos pacientes, sentem ou não? Revista Científica de Medicina Veterinária Pequenos Animais e Animais de Estimação, Curitiba, v. 8, n. 24, p. 37-43, 2010.

CARDOSO, J. K. Mensuração sérica de Interleucina-1 β, Interleucina-6, Interleucina-10 e fator de Necrose Tumoral α em cães com doença periodontal crônica. 2012. 118f. Tese (Doutorado em Cirurgia). Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia da Universidade de São Paulo, São Paulo, 2012.

CLARKE, D. E. Drinking water additive decreases plaque and calculus accumulation in cats. Journal of Veterinary Dentistry, v. 23, p.79-82,2006.

CROSSLEY, D.; PENMAN, S. Manual of small dentistry. 2. ed. Gloucestershire: BSVA. 1995.

DUBOC, M. V. Percepção de proprietários de cães e gatos sobre a higiene oral de seu animal. 2009. 61f. Dissertação (Mestrado em Medicina Veterinária) – Instituto de Veterinária, Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2009.

DUNAYER, E. K.; KHAN, S. A. Risk assessment of xylitol in dogs and cats; ASPCA – animal poison control center, 2006.

DUPONT, G. A.; DEBOWES, L. J. Atlas of dental radiography in dogs and cats. Saint Louis: Saunders, 2009. 268p.

EMILY, P.; PENMAN, S. Handbookof small animal dentistry. 2. ed. Oxford: Pergamon, 1994. 117p.

FEITOSA, F. L. F. Semiologia veterinária: a arte do diagnóstico. 2. ed. São Paulo: Roca, 2008. 752p.

FERRO, D. G. Estudo clínico da aplicação de peptídeo sintético de adesão celular (PepGen P-15®), em lesões periodontais graves de cães, 2005. 123f. Dissertação (Mestrado em Cirurgia). Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia da Universidade de São Paulo. São Paulo, 2005.

FERRO, D. G.; GIOSO, M. A. Estudo clínico da aplicação de matriz inorgânica de osso associado a peptídeo sintético de adesão celular (mio/p-15), pepgen p-15®, em lesões periodontais avançadas de cães. Pesquisa Veterinária Brasileira. v. 2, n. 29, p. 109-116, fev. 2009.

FONSECA, S. A. et al. Análise microbiológica da placa bacteriana da doença periodontal em cães e o efeito da antibioticoterapia sobre ela. Ciência Rural, Santa Maria, v. 41, n. 8, p. 1424-1429, ago. 2011.

GENGLER, W. R. et al. Evaluation of a barrier dental sealent in dogs. Journal of Veterinary Dentistry, v. 22, n. 3, sept. 2005.

GIOSO, M. A. Odontologia veterinária para o clínico de pequenos animais. 2. ed. São Paulo: Manole, 2007. 142 p.

GORREL, C. Odontologia em pequenos animais. Rio de Janeiro: Elsevier, 2010. 240p.

HALE, F. The vohc seal — why is it important? Canadian Veterinary Journal, v. 52, apr. 2011.

HARVEY, C. E. Use of antibiotics in management of patients with oral diseases: why the controversy? In: 10th World Veterinary Dental Congress, 10, 2007, Guarujá. Pesquisa Veterinária Brasileira 27(Supl.). Rio de Janeiro: Neotécnica, 2007. p. 37-39. 1CD.

HARVEY, C. E. Veterinary Dentistry. Philadelphia: WB Saunders, 1985.

HENNET, P. Plaque reduction effectiveness of C.E.T. Dental chew (Virbac) in beagle dogs. European Veterinary Dental Society, Copenhagen, 2000.

HOLMSTROM, S. E.; FITCH, P.; EISNER, E. R. Veterinary dental techniques for the small animal practitioner. 2. ed. Philadelphia: Saunders, 2004. 530p.

KEALY, K.; MCALLISTER, H.; GRAHAM, J. P. Radiologia e ultrassonografia do cão e do gato. 5. ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2012. 580p.

KIM, S. E. et al. Experimental determination of a subantimicrobial dosage of doxycycline hyclate for treatment of periodontitis in beagles. American Journal of Veterinary Research, n. 74, p. 130-135, jan. 2013.

KAWALESKY, J. Anatomia dental de cães (canis familiares) e gatos (felis catus). Considerações cirúrgicas. 2005. 182f. Dissertação (Mestrado em Anatomia). Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia da Universidade de São Paulo, São Paulo.

LACERDA, M. S.; ALESSI, A. C. The histobacteriologic aspects and electronic microscopy scanning of the incisor teeth involved in periodontal disease of dogs after periodontal scaling. In: 10th World Veterinary Dental Congress, 10, 2007, Guarujá. Pesquisa Veterinária Brasileira 27(Supl.). Rio de Janeiro: Neotécnica, 2007. p. 43-44. 1CD.

LEITE, C. A. L. et al. Técnicas radiográficas intra e extrabucal na avaliação dentária de cães com doença periodontal. Arquivo Brasileiro de Medicina Veterinária e Zootecnia, Belo Horizonte, v. 63, n. 5, p. 1099-1103, out. 2011.

LEON-ROMAN, M. A.; GIOSO, M. A. Tratamento de canal convencional: opção à extração de dentes afetados endodonticamente – revisão. Clínica Veterinária, n. 40, p.32-44, 2002.

LIMA, T. B. F. et al. Escova dental e dedeira na remoção da placa bacteriana dental em cães. Ciência Rural, Santa Maria, v. 34, n. 1, p. 155-158, mar, 2004.

LYON, K. F. Dental home care. Journal of Veterinary Dentistry, v.8, n.2, p.26-30, 1991.

MADEIRA, M. C. Anatomia do dente. 4. ed. São Paulo: Sarvier, 2006. 110p.

MITCHELL, P. Q. Small animal dentistry. Woburn: Butterworth-Heinemann, 2002. 253p.

MULLIGAN, T. W.; ALLER, M. S.; WILLIAMS, C. A. Atlas of canine and feline dental radiography. Trenton: Veterinary Learning Systems, 1998. 246p.

MUSSATTO, S. I.; ROBERTO, I. C. Xilitol: edulcorante com efeitos benéficos para a saúde humana. Revista Brasileira de Ciências Farmacêuticas, v. 38, n. 4, out. 2002.

NATALINI, C. C. Teoria e técnicas em anestesiologia veterinária. Porto Alegre: Artmed, 2007. 296p.

NIEMIEC, B. A. Small animal dental, oral and maxillofacial diseases. London: Crc Press, 2010. 288p.

NIEMIEC, B. A. Veterinary periodontology. New Jersey: Wiley&Sons, 2013.

PEREIRA, J. V. et al. Estudos com o extrato da punica granatum linn. (romã): efeito antimicrobiano in vitro e avaliação clínica de um dentifrício sobre microrganismos do biofilme dental. Odonto Ciência, Porto Alegre,v. 20, n. 49, jul. 2005.

PINTO, A. B. F. Tripolifosfato de sódio e hexametafosfato de sódio na prevenção de odontólitos em cães, 2007. 78f. Dissertação (Mestrado em Zootecnia) – Universidade de Lavras. Lavras, 2007.

PINTO, A. B. F. et al. Tripolifosfato de sódio e hexametafosfato de sódio na prevenção do cálculo dentário em cães. Arquivo Brasileiro de Medicina Veterinária e Zootecnia, v. 60, n. 6, p. 1426-1431, 2008.

PIRES, B. C. et al. Doença periodontal: fisiopatogenia e tratamento (relato de caso e revisão). Nosso Clínico, v. 96, p. 6-10, 2013.

PUTAROV, T. C. Avaliação de fontes de selênio e seus efeitos no perfil metabólico e condição reprodutiva de cães, 2010. 72f. Dissertação (Mestrado em Zootecnia). Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia da Universidade Estadual Paulista. Botucatu, 2010.

RAMOS, A. S. Bacteremia transitória e risco de endocardite em cães com doença periodontal em diferentes procedimentos odontológicos e usuais, 2010. 81f. Dissertação (Mestrado em Medicina Veterinária) – Instituto de Veterinária, Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro. Rio de Janeiro, 2010.

REIS, E. C. C.; BORGES, A. P. B.; DEL CARLO, R. J. Regeneração periodontal em cães. Ciência Rural, Santa Maria, v. 41, n. 12, p. 2128-2136, dez. 2011.

REYNOLDS, M. A. et al. Effects of caloric restriction on inflammatory periodontal disease. Nutrition. n. 25, p. 88–97, jan. 2008.

ROBINSON, J. G. A. Everyday dentistry for the cat and dog. Peterborough: Henston, 2002. 60p.

ROCHA, L. What can be done, using marketing techniques, to increase the acceptance of you recommendation to your clients. In: 10th World Veterinary Dental Congress, 10, 2007, Guarujá. Pesquisa Veterinária Brasileira 27(Supl.). Rio de Janeiro: Neotécnica, 2007. p. 66-67. 1CD.

ROZA, M. R. et al. Tomografia computadorizada de feixe cônico na odontologia veterinária: descrição e padronização da técnica. Pesquisa Veterinária Brasileira. v. 8, n. 29, p. 617-624, ago. 2009.

ROZA, M. R. Odontologia em pequenos animais. Rio de Janeiro: LF livros, 2004.

p.

ROZA, M. R. Princípios de odontologia veterinária. Brasília: Ed. Do Autor, 2012. 182p.

ROZA, M. R. Tomografia computadorizada de feixe cônico na odontologia de cães e gatos.2009. 102f. Tese (Doutorado em Ciência Animal). Escola de Veterinária da Universidade Federal de Goiás, Goiânia.

SABINO, E. G. Avaliação da reabsorção óssea do periodonto de cães

por meio da tomografia computadorizada, 2013. 88f . Dissertação

(Mestrado) – Faculdade De Medicina Veterinária E Zootecnia, Universidade

Estadual Paulista, Campus De Botucatu, São Paulo.

SAMPAIO, J. E. C. et al. Biomodificação radicular: uma revisão de literatura. Revista Periodontia, São Paulo, n. 4, p. 37-43, dez. 2009.

THRALL, D. E. Diagnóstico de radiologia veterinária. 5. ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2010. 832p.

TROFIN, E. A.; MONSARRAT, P.; KÉMOUN, P. Cell therapy of periodontium: from animal to human? Frontiers In Physiology v. 4, n. 325, p. 1-15, nov. 2013.

TUTT, C. Small Animal Dentistry: a manual of techniques. Oxford: Blackwell, 2006. 282p.

WIGGS, R. B.; LOBPRISE, H. B. Veterinary dentistry: principles and practice. Philadelphia: Lippincott-Raven, 1997. 748p.

ZANATTA, F. B.; RÖSING, C. K. Clorexidina: mecanismo de ação e evidências atuais de sua eficácia no contexto do biofilme supragengival. Scientific, v. 2, n.1, p. 35-43, 2007.

ZETNER, K.; ROTHMUELLER, G. Treatment of periodontal pockets with doxycycline in beagles. Veterinary Theraphy, v. 4, n. 3, p. 441-452, Winter, 2002.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.